Scroll to navigation

dselect(1) dpkg suite dselect(1)

NOME

dselect - frontend de gestão de pacotes Debian

SINOPSE

dselect [option...] [command...]

DESCRIÇÃO

dselect é uma das interfaces de utilizador primárias para gerir pacotes num sistema Debian. No menu principal do dselect, o administrador do sistema pode:
  • Actualizar a lista de versões de pacotes disponíveis,
  • Visualizar o estado dos pacotes instalados e disponíveis,
  • Alterar selecções de pacotes e gerir dependências,
  • Instalar novos pacotes ou actualiza-los para novas versões.

dselect opera como um front-end para o dpkg(1), a ferramenta de baixo nível de manuseamento de pacotes de Debian. Apresenta um gestor de selecção de pacotes de ecrã-total com ferramenta de resolver dependências e conflitos de pacotes. Quando corrido com privilégios de administrador, os pacotes podem ser instalados, actualizados ou removidos. Podem ser configurados vários métodos de acesso para obter informação da versão dos pacotes disponíveis e instaláveis dos repositórios de pacotes. Dependendo do método de acesso usado, estes repositórios podem ser servidores de arquivo público na internet, servidores de arquivo local ou CD-ROMs. O método de acesso recomendado é o apt, o qual é fornecido pelo pacote apt(8).

Normalmente o dselect é invocado sem parâmetros. Um menu interactivo é apresentado, oferecendo uma lista de comandos ao utilizador. Se um comando for dado como um argumento, então esse comando é arrancado imediatamente. Estão ainda disponíveis vários parâmetros de linha de comandos para modificar o comportamento de funcionamento do dselect ou mostrar informação adicional acerca do programa.

OPÇÕES

Todas as opções podem ser especificadas tanto na linha de comandos como no ficheiro de configuração do dselect /etc/dpkg/dselect.cfg ou nos ficheiros do directório de configuração /etc/dpkg/dselect.cfg.d/. Cada linha no ficheiro de configuração é ou uma opção (exactamente igual à opção de linha de comandos mas sem o hífen inicial) ou um comentário (se começar com um ‘#’).
--admindir directory
Muda o directório onde os ficheiros ‘status’, ‘available’ e semelhantes do dpkg estão localizados. Isto usa por predefinição /var/lib/dpkg e normalmente não deverá haver necessidade de o alterar.
-Dfile, --debug file
Liga a depuração. A informação de depuração é enviada para ficheiro.
--expert
Liga o modo de expert, isto é, não o aborrece com mensagens de ajuda.
--color screenpart:[foreground],[background][:attr[+attr]...]
--colour screenpart:[foreground],[background][:attr[+attr]...]
Configura as cores do ecrã. Isto só funciona se o seu ecrã suportar cores. Esta opção pode ser usada várias vezes (e é melhor usada em dselect.cfg). Cada utilização muda a cor (e opcionalmente, outros atributos) de uma parte do ecrã. As partes do ecrã (do topo para fundo) são:
title
O título do ecrã.
listhead
A linha de cabeçalho por cima da lista de pacotes.
list
A lista de pacotes com deslocamento (e também algum texto de ajuda).
listsel
O item seleccionado na lista.
pkgstate
Na lista de pacotes, o texto indicador do estado actual de cada pacote.
pkgstatesel
Na lista de pacotes, o texto que indica o estado actual do pacote actualmente selecionado.
infohead
A linha de cabeçalho que mostra o estado do pacote actualmente seleccionado.
infodesc
A descrição curta do pacote.
info
Usado para mostrar informações do pacote tal como a descrição do pacote.
infofoot
A última linha do ecrã quando selecciona pacotes.
query
Usado para mostrar linhas de consulta.
helpscreen
Cor dos ecrãs de ajuda.

Após a parte do ecrã vem um símbolo de dois pontos e a especificação da cor. Você pode especificar tanto a cor frontal, a cor de fundo, ou ambas, sobrepondo as cores compiladas. Usa nomes de cores standard de curses.

Opcionalmente, após a especificação da cor ficam outros dois pontos, e uma especificação de atributo. Isto é uma lista de uma ou mais atributos, separados por caracteres mais (‘+’). Atributos disponíveis incluem (nem todos estes irão trabalha em todos os terminais): normal, standout, underline, reverse, blink, bright, dim, bold

-?, --help
Escreve um texto de ajuda breve e termina com sucesso.
--version
Escreve informação de versão e termina com sucesso.

COMANDOS

Quando o dselect é iniciado pode executar os seguintes comandos, seja directamente se foi especificado na linha de comandos ou ao questionar o utilizador com um menu de comandos disponíveis se corrido em modo interactivo:

access

Escolha e configure um método de acesso para aceder aos repositórios de pacotes.

Por predefinição, dselect fornece vários métodos tais como multi_cd, mounted ou ftp, mas outros pacotes podem disponibilizar outros métodos, ex. o método de acesso apt disponibilizado pelo pacote apt(8).

O uso do método de acesso do apt é fortemente recomendado.

update

Refresca a base de dados de pacotes disponíveis.

Obtém uma lista de versões de pacotes disponíveis a partir de um repositório de pacotes, configurado para o método de acesso actual, e actualiza a base de dados do dpkg. As listas de pacotes são geralmente fornecidas pelo repositório como ficheiros chamados Packages ou Packages.gz. Estes ficheiros podem ser gerados por maintainers do repositório, usando o programa dpkg-scanpackages(1).

Detalhes do comando de actualização dependem da implementação do método de acesso. Normalmente o processo é direto e não requer interação do utilizador.

select

Ver ou gerir selecções de pacotes e dependências.

Esta é a função principal do dselect. no ecrã de selecção, o utilizador pode rever uma lista de todos os pacotes disponíveis e instalados. Quando corre com privilégios de administrador, é também possível alterar o estado da selecção de pacotes interactivamente. dselect acompanha as implicações destas alterações com outros pacotes que dependem ou criam conflitos.

Quando é detetado um conflito ou falha de dependências, é mostrado ao utilizador um sub-ecrã de resolução de dependências. Neste ecrã, é mostrada uma lista de pacotes em conflito ou dependentes, e para cada pacote listado, é mostrada a razão de este estar na lista. O utilizador pode aplicar as sugestões propostas pelo dselect, sobrepô-las, ou retroceder todas as alterações, incluindo aquelas que criaram as dependências ou conflitos não resolvidos.

O uso do ecrã de gestão de selecção de pacotes interactiva está explicado com mais detalhes em baixo.

install

Instala os pacotes seleccionados.

O método de acesso configurado irá obter pacotes instaláveis ou actualizáveis a partir dos repositórios relevantes e instalar estes usando o dpkg. Dependendo da implementação do método de acesso, todos os pacotes podem ser pré-obtidos antes da instalação, ou obtidos quando necessários. Alguns métodos de acesso podem também remover pacotes que foram marcados para remoção.

Se ocorrer um erro durante a instalação, é normalmente aconselhável repetir a instalação. Na maioria dos casos, os problemas irão desaparecer ou ser resolvidos. Se os problemas persistirem ou a execução da instalação foi incorrecta, por favor investigue as causas e circunstâncias, e preencha um relatório de bug no sistema de acompanhamento de bugs de Debian. As instruções em como fazer isto podem ser encontradas em <https://bugs.debian.org/> ou ao ler a documentação para bug(1) ou reportbug(1), se esta estiver instalada.

Detalhes do comando de instalação dependem da implementação do método de acesso. Pode ser requerida a atenção do utilizador e entradas deste durante a instalação., configuração ou remoção de pacotes. Isto depende dos scripts de maintainer no pacote. Alguns pacotes fazem uso da biblioteca debconf(1), permitindo configurações de instalação mais flexíveis ou mesmo automatizadas.

config

Configura quaisquer pacotes previamente instalados, mas não totalmente configurados.

remove

Remove ou purga pacotes instalados, que estão marcados para remoção.

quit

Termina o dselect.

Termina o programa com código de erro zero (com sucesso).

GESTÃO DE SELECÇÕES DE PACOTES

Introdução

dselect expõe directamente o administrador a algumas das complexidades envolvidas com a gestão de grandes conjuntos de pacotes com muitas inter-dependências. Para um utilizador que não está familiarizado com os conceitos e as maneiras do sistema de gestão de pacotes Debian, pode ser esmagador. Apesar do dselect estar apontado a facilitar a gestão de pacotes e a administração, é apenas instrumental a fazê-lo e nãos e pode assumir que seja um substituto suficiente para a perícia e conhecimentos de um administrador. É necessário que o utilizador esteja familiarizado com os conceitos básicos do sistemas de pacotes Debian. Em caso de dúvidas, consulte o manual do dpkg(1) e a política de distribuição.

A menos que o dselect seja corrido em modo de esperto ou imediato, é primeiro mostrado um ecrã de ajuda quando se escolhe este comando do menu. O utilizador é fortemente aconselhado a estudar toda a informação apresentada nos ecrãs de ajuda online, sempre que aparece um. Os ecrãs de ajuda online podem ser invocados a qualquer altura coma tecla ‘?’.

Disposição do ecrã

O ecrã de selecção está por predefinição dividido em metade de topo e de fundo. A metade do topo mostra uma lista de pacotes. Uma barra de cursor pode seleccionar um pacote individual, ou um grupo de pacotes, se aplicável, ao seleccionar o cabeçalho do grupo. A metade do fundo o ecrã mostra alguns detalhes acerca do pacote actualmente seleccionado na metade de topo do ecrã. O tipo de detalhes que é mostrado pode variar.

Pressionando a tecla ‘I’ altera entre amostragem de ecrã total da lista de pacotes, e visão alargada dos detalhes do pacote, ou o ecrã dividido igualmente.

Vista de detalhes de pacote

A vista de detalhes do pacote por predefinição mostra a descrição extensa do pacote que está actualmente seleccionado na lista de estados de pacotes. O tipo de detalhes pode ser comutado ao pressionar a tecla ‘i’. Isto alterna entre:
  • a descrição extensa
  • a informação de controle para a versão instalada
  • a informação de controle para a versão disponível

Num ecrã de resolução de dependência, há também a possibilidade de visualizar as dependências não resolvidas específicas ou conflitos relacionados ao pacote e a causarem que seja listado.

Lista de estados dos pacotes

O ecrã de selecção principal mostra uma lista de todos os pacotes conhecidos ao sistema de gestão de pacotes Debian. Isto inclui pacotes instalados no sistema e pacotes conhecidos a partir da base de dados de pacotes disponíveis.

Para cada pacote, a lista mostra o estado do pacote, prioridade, secção, arquitectura instalada e disponível, versões instalada e disponível, o nome do pacote, e a sua descrição curta, tudo numa linha. Ao pressionar a tecla ‘A’, o mostrador da arquitectura instalada e disponível pode ser comutado entre ligado e desligado. Ao pressionar a tecla ‘V’, o mostrador da versão instalada e disponível pode ser ligado e desligado. Ao pressionar a tecla ‘v’, o mostrador do estado do pacote por ser comutado entre detalhado e abreviado. A amostragem abreviada é a predefinida.

A indicação de estado abreviado consiste de quatro partes: uma bandeira de erro, o qual deve normalmente estar limpa, o estado actual, o estado da última selecção e o estado da selecção actual. Os dois primeiros estão relacionados com o actual estado do pacote, o segundo par são sobre as selecções feitas pelo utilizador.

Estes são os significados das abreviaturas de códigos indicadores de estado de pacotes:

Bandeira de erro:
empty nenhum erro
R erro sério, precisa de re-instalação;

Estado de instalação:

empty não instalado;
* totalmente instalado e configurado;
- não instalado mas podem permanecer alguns ficheiros de configuração;
U desempacotado mas ainda não configurado;
C meio-configurado (ocorreu um erro);
I meio-instalado (ocorreu um erro);

Selecções actuais e requisitadas:

* marcada para instalação ou actualização;
- marcado para remoção, mantendo ficheiros de configuração;
= em espera: o pacote não será processado de todo;
_ marcado para purga, também remove configuração;
n pacote é novo e ainda está por ser marcado.

Cursor e movimento do ecrã

A lista de selecção de pacotes e os ecrãs de resolução de conflitos de dependências podem ser navegados usando comandos de movimento mapeados às seguintes teclas:
p, Up, k move barra de cursor para cima
n, Down, j move barra de cursor para baixo
P, Pgup, Backspace desloca lista 1 página para cima
N, Pgdn, Space desloca lista 1 página para baixo
^p desloca lista 1 linha para cima
^n desloca lista 1 linha para baixo
t, Home salta para o topo da lista
e, End salta para o fim da lista
u desloca informação 1 página para cima
d desloca informação 1 página para baixo
^u desloca informação 1 linha para cima
^d desloca informação 1 linha para baixo
B, Left-arrow amostragem panorâmica 1/3 ecrã esquerda
F, Right-arrow amostragem panorâmica 1/3 ecrã direita
^b amostragem panorâmica 1 caractere esquerda
^f amostragem panorâmica 1 caractere direita

Procurar e ordenar

A lista de pacotes pode ser pesquisada pelo nome do pacote. Isto é feito ao pressionar ‘/’, e escrever uma string simples de procura. A string é interpretada como uma expressão regular regex(7). Se você adicionar ‘/d’ à expressão de procura, o dselect irá também procurar nas descrições. Se você adicionar ‘/i’ a procura será sensível a maiúsculas/minúsculas. Você pode combinar estes dois sufixos assim: ‘/id’. Busca repetida é conseguida ao pressionar repetidamente as teclas ‘n’ ou ‘\’, até encontrar o pacote desejado. Se a pesquisa atingir o fundo da lista, rebobina para o topo e continua a busca a partir de lá.

A ordenação da lista pode ser variada ao pressionar as teclas ‘o’ e ‘O’ repetidamente. Podem ser selecionadas as seguintes nove ordenações:

alfabeto
prioridade+secção
secção+prioridade
disponibilidade
disponibilidade+prioridade
disponibilidade+secção
estado
estado+prioridade
estado+secção

Onde não listado em cima explicitamente, a ordem alfabética é usada como a chave se sub-ordenação final.

Alterar selecções

O estado de selecção requerido de pacotes individuais pode ser alterado com os seguintes comandos:
+, Insert instala ou actualiza
=, H manter no estado e versão presente
:, G retira o manter: actualiza ou deixa desinstalado
-, Delete remove, mas deixa configuração
_ remove & purga a configuração

Quando o pedido de alteração resulta em uma ou mais dependências não satisfeitas ou conflitos, o dselect questiona o utilizador com um ecrã de resolução de dependências. Isto será melhor explicado em baixo.

É também possível aplicar estes comandos a selecções de grupos de pacotes, ao apontar a barra de cursor ao cabeçalho do grupo. O agrupamento exacto de pacotes está dependente das definições actuais de ordenação da lista.

Deve ser tomado o cuidado apropriado quando se alteram grandes grupos de selecções, porque isto pode instantaneamente criar grandes números de dependências ou conflitos não resolvidos, todos os quais irão ser listados nu ecrã de resolução de dependências, tornando isso de lide muito difícil. Na prática, apenas as operações de manter e não-manter são úteis quando aplicadas a grupos.

Resolver dependências e conflitos

Quando o pedido de alteração resulta em uma ou mais dependências ou conflitos não satisfeitos, o dselect questiona o utilizador com um ecrã de resolução de dependências. No entanto, primeiro é mostrado um ecrã de ajuda informativo.

A metade do topo deste ecrã lista todos os pacotes que irão ter dependências ou conflitos por resolver, como resultado da alteração pedida, e todos os pacotes cuja instalação pode resolver alguma destas dependências ou cuja remoção pode resolver algum destes conflitos. A metade de baixo por predefinição mostra as dependências ou conflitos que fazem com que o pacote seleccionado esteja na lista.

Quando a sub-lista de pacote é mostrada inicialmente, o dselect pode já ter definido o estado de selecção requerido de alguns dos pacotes listados, de modo a resolver as dependências ou conflitos que causaram que o ecrã de resolução de dependências fosse mostrado. Geralmente, é melhor seguir as sugestões feitas pelo dselect.

O estado de selecção dos pacotes listados pode ser revertido às definições originais, como estavam antes de serem criadas as dependências e conflitos não resolvidos, ao pressionar a tecla ‘R’. Ao pressionar a tecla ‘D’, as sugestões automáticas são reiniciadas, mas a alteração que provocou o ecrã de resolução de dependência é mantido como requisitado. Finalmente, ao pressionar U’, as selecções são de novo definidas para os valores da sugestão automática.

Estabelecendo as selecções necessárias

Ao pressionar enter, o conjunto actual de selecções é aceite. Se o dselect não detectar dependências não resolvidas com resultado das selecções requeridas, as novas selecções serão definidas. No entanto, se existir algumas dependências não resolvida, o dselect irá de novo questionar o utilizador com um ecrã de resolução de dependência.

Para alterar um conjunto de selecções que criam dependências e conflitos não resolvidos e forçar o dselect a aceita-las, pressione a tecla 'Q’. Isto define as selecções como especificadas pelo utilizador, incondicionalmente. De modo geral, não faça isto a menos que tenha lido as letras pequenas.

O efeito oposto, para voltar atrás em quaisquer alterações requisitadas de selecções e regressar à lista de selecções anterior, pode fazê-lo ao pressionar as teclas 'X’ ou escape. Ao pressionar repetidamente estas teclas, quaisquer alterações possivelmente prejudiciais à selecção de pacotes requerida pode ser puxada atrás completamente até à última definição estabelecida.

Se você estabeleceu algumas definições por engano e deseja reverter todas as selecções para o que está actualmente instalado no sistema, pressione a tecla ‘C’. Isto é de certa maneira semelhante a usar o comando unhold em todos os pacotes, mas fornece um botão de pânico mais óbvio em casos que o utilizador pressionou enter por acidente.

ESTADO À SAÍDA

0
O comando requisitado foi executado com sucesso.
2
Erro fatal ou irrecuperável devido a utilização de linha de comandos inválida, ou interações com o sistema, tais como acesso à base de dados, alocações de memória, etc.

AMBIENTE

HOME
Se definido, o dselect irá usá-lo como o directório de onde ler o ficheiro de configuração específico do utilizador.

BUGS

A interface de selecção de pacotes The dselect é confusa para alguns novos utilizadores. Alegadamente, até faz desenvolvedores de kernel experientes chorarem.

A documentação está escassa.

Não há uma opção de ajuda no menu principal.

A lista visível de pacotes disponíveis não pode ser reduzida.

Os métodos de acesso embutidos não podem mais acompanhar os standards actuais de qualidade. Use o método de acesso fornecido pelo apt(8), não é apenas não quebrado, é muito mais flexível que os métodos de acesso embutidos.

VEJA TAMBÉM

dpkg(1), apt(8), sources.list(5), deb(5).

TRADUÇÃO

Américo Monteiro

Se encontrar algum erro na tradução deste documento, por favor comunique para Américo Monteiro <a_monteiro@gmx.com>.

2021-04-13 1.20.9