Scroll to navigation

dpkg-fsys-usrunmess(8) dpkg suite dpkg-fsys-usrunmess(8)

NOME

dpkg-fsys-usrunmess - desfaz a confusão merged-/usr-via-aliased-dirs

SINOPSE

dpkg-fsys-usrunmess [option...]

DESCRIÇÃO

dpkg-fsys-usrunmess é uma ferramenta para corrigir sistemas de ficheiros que foram instalados de novo com instaladores recentes de predefinições infelizes ou migrados para um /usr danificado via directórios de disposição de nomes alternativos, o qual não é suportado pelo dpkg. Veja a FAQ do dpkg.

Este programa irá executar as seguintes acções gerais:

  • Verifica se o sistema precisa de ser comutado, caso contrário não faz nada.
  • Verifica a consistência da base de dados do dpkg e caso contrário aborta.
  • Obtém a lista de ficheiros e alternativas que precisam ser restaurados.
  • Cria uma hierarquia sombra sob /.usrunmess, ao criar os links simbólicos de directórios ou por ligações rijas ou copiando os ficheiros como necessário.
  • Pede confirmação antes de proceder, se requerido na linha de comandos.
  • Tranca a base de dados do dpkg.
  • Marca todos os pacotes como meio instalados para forçar o correr dos scripts de maintainer que podem precisar de recriar ficheiros.
  • Substitui os directórios de nomes alternativos pelos sombra, ao criar uma cópia de salvaguarda dos antigos directórios de links simbólicos e renomeando os sombra sobre os outros.
  • Re-etiqueta a informação MAC para directórios e links simbólicos se necessário.
  • Reconfigura todos os pacotes.
  • Remove links simbólicos de salvaguarda.
  • Remove os objectos movidos antigos, mas adia a remoção de directórios.
  • Remove directórios adiados antigos que não estão referidos pelo dpkg-query.
  • Remove o directório raiz sombra.

Nota: Quando se corre o programa a partir de alguma shells tais como bash(1) ou zsh(1), após o executar, você pode precisar de requisitar à shell para esquecer todas as localizações de executáveis lembradas com por exemplo "hash -r".

Aviso: Note que esta operação tem o potencial de tornar o sistema não utilizável ou quebrado em caso de uma pagarem súbita ou reinicio do sistema. estado inesperado do sistema, ou possíveis bugs no script. Esteja preparado com meio de recuperação e considere fazer cópias de salvaguarda antes.

OPÇÕES

-p, --prompt
Pergunta no ponto de não retorno, para que os resultados de depuração da hierarquia sombra possam ser avaliados antes de proceder.
-n, --no-act
--dry-run
Esta opção activa o modo dry-run, onde não há acções destrutivas, apenas a parte de preparação.
-?, --help
Mostra a mensagem de utilização e termina.
--version
Mostra a versão e termina.

AMBIENTE

DPKG_USRUNMESS_NOACT
Esta definição define se se deve activar o modo dry-run.

VEJA TAMBÉM

<https://wiki.debian.org/Teams/Dpkg/FAQ#Q:_Does_dpkg_support_merged-.2Fusr-via-aliased-dirs.3F>.

TRADUÇÃO

Américo Monteiro

Se encontrar algum erro na tradução deste documento, por favor comunique para Américo Monteiro <a_monteiro@gmx.com>.

2021-04-13 1.20.9