Scroll to navigation

PO4A-UPDATEPO(1p) Ferramentas Po4a PO4A-UPDATEPO(1p)

NOME

po4a-updatepo - atualizar a tradução de documentação (em formato PO)

SINOPSE

po4a-updatepo -f fmt (-m master.doc)+ (-p XX.po)+

(XX.po são as saídas, todos os outros são entradas)

DESCRIÇÃO

O objetivo do projeto po4a (PO para tudo) é facilitar traduções (e mais interessante, a manutenção das traduções) usando ferramentas gettext em áreas onde eles não eram esperados como documentação.

O script po4a-updatepo é encarregado de atualizar ficheiros PO para faze-los refletir as alterações feitas no ficheiro de documentação original. Para isso, converte o ficheiro de documentação num ficheiro POT, e invoca msgmerge(1) neste novo POT e nos ficheiros PO fornecidos.

É possível dar mais do que um ficheiro PO (se você quiser atualizar vários idiomas de uma só vez), e os alguns ficheiros de documentação (se deseja armazenar as traduções de diversos documentos no mesmo ficheiro PO).

Se o documento principal tem carateres não-ASCII, irá converter ficheiro PO para UTF-8 (se não estiverem já), a fim de permitir carateres não-padrãonuma maneira de cultura independente.

OPÇÕES

-f, --format
O formato da documentação que pretende processar. Use a opção --help-format para ver a lista de formatos disponíveis.
-m, --master
Ficheiro(s) contendo o documento principal para traduzir.
-M, --master-charset
Conjunto de carateres dos ficheiros contendo o documento a traduzir. Note que todos os ficheiros devem ter o mesmo conjunto de carateres.
-p, --po
Ficheiro(s) PO para atualizar. Se esses ficheiros não existirem, são criados por po4a-updatepo.
-o, --option
Extra option(s) to pass to the format plugin. See the documentation of each plugin for more information about the valid options and their meanings. For example, you could pass '-o tablecells' to the AsciiDoc parser, while the text parser would accept '-o tabs=split'.
--no-previous
Esta opção remove --previous a partir das opções passadas para B <msgmerge> Isto permite suportar versões do gettext mais cedo do que 0.16.
--previous
Esta opção acrescenta --previous ás opções passadas para msgmerge. Isso requer gettext 0.16 ou posterior, e é ativado por padrão.
--msgmerge-opt options
Opções extra para msgmerge(1).
-h, --help
Mostrar uma pequena mensagem de ajuda.
--help-format
Lista os formatos de documentação compreendidos por po4a.
-V, --version
Mostrar a versão do script e sair
-v, --verbose
Aumentar o detalhe do programa.
-d, --debug
Saída de alguma informação de depuração.
--porefs type[,wrap|nowrap]
Especifica o formato de referência. O argumento tipo pode ser um de: never para não produzir qualquer referência, file para especificar o ficheiro sem o número de linha, counter para substituir os números de linha aumentando o contador e full para incluir referências completas. (padrão: full).

O argumento pode ser seguido por uma vírgula ou pela palavra-chave wrap ou nowrap. Referências são escritas por padrão em uma única linha. A opção wrap envolve referências sobre várias linhas, para imitar as ferramentas gettext (xgettext e msgmerge). Esta opção irá tornar-se o padrão num lançamento futuro, porque é mais sensível. A opção nowrap é acessível para os utilizadores que querem manter o comportamento antigo.

--wrap-po no|newlines|number (predefinição: 76)
Especifica como o ficheiro po deve ter sua quebra de linha. Isso permite escolher entre ficheiros que tem boa quebra de linha, mas que podem levar a conflitos de git ou ficheiros que são mais fáceis de manipular automaticamente, mas mais difíceis de ler para humanos.

Historicamente, o pacote gettext reformatou os ficheiros po na 77ª coluna para questões cosméticas. Esta opção especifica o comportamento de po4a. Se definido como um valor numérico, o po4a quebrará linha do ficheiro po após esta coluna e após novas linhas no conteúdo. Se definido como newlines, o po4a dividirá apenas o msgid e o msgstr após as novas linhas no conteúdo. Se definido como no, o po4a não quebrará linhas no ficheiro po. A quebra de linha dos comentários de referência é controlado pela opção --porefs.

Observe que esta opção não afeta a maneira como o msgid e o msgstr sofrem quebra de linhas ou seja, como os caracteres de nova linha são adicionados ao conteúdo dessas strings.

--msgid-bugs-address email@address
Definir o endereço do relatório para msgid bugs. Por padrão, os ficheiros POT criados não têm campos Report-Msgid-bugs-To.
--copyright-holder string
Definir o titular dos direitos de autor no cabeçalho POT. O valor padrão é " Free Software Foundation, Inc."
--package-name string
Definir o nome do pacote para o cabeçalho POT. O padrão é "PACOTE".
--package-version string
Definir o nome do pacote para o cabeçalho POT. O padrão é "VERSÃO".

VER TAMBÉM

po4a-gettextize(1), po4a-normalize(1), po4a-translate(1), po4a(7)

AUTORES

 Denis Barbier <barbier@linuxfr.org>
 Nicolas François <nicolas.francois@centraliens.net>
 Martin Quinson (mquinson#debian.org)

DIREITOS DE AUTOR E LICENÇA

Direitos de Autor 2002-2020 por SPI, inc.

Este programa é software livre, você pode redistribuí-lo e/ou modificá-lo sob os termos da GPL (consulte o ficheiro CÓPIA).

2020-08-19 Ferramentas Po4a